sábado, 3 de março de 2012






                             

eu sou a falsa loura má
                                                   a que toma
                                             e depois dá

2 comentários:

  1. Engraçado, quando um poema impressiona (pro bem), nos deixa calados.

    ResponderExcluir
  2. Valeu pelo mudo cometário, Sebastião!

    ResponderExcluir